Início > Música, Séries, The X-Factor, TV > The X-Factor – Final

The X-Factor – Final

Já estamos no final do ano e eu preciso dizer que sem dúvida The X-Factor foi a minha descoberta esse ano, da segunda metade pra cá. Eu não conhecia o reality, apenas sabia que a Leona Lewis, de quem sou fã havia vencido uma das edições. Quando foi em agosto li uma resenha falando o quão bom era esse programa e resolvi conferir já que na época eu não estava vendo muita coisa.

Sem dúvida a semelhança com American Idol logo me chamou a atenção e como gosto do reality americano, nem reclamava, só que X-Factor foi se mostrando mais surpreendente e com uma produção mais caprichada. Eu não sabia por exemplo, que os candidatos eram divididos em grupos e que cada um dos jurados seria responsável por cada um deles, e mais, não sabia que duplas ou grupos podiam fazer parte da competição.

Após as audições e o bootcamp, fui apresentado a mais uma novidade que era a Casa dos Jurados, só pra se ter noção da produção do programa, cada um dos quatro jurados (Simon Cowell, Dannii Minogue, Cheryl Cole e Louis Walsh) levou seus seis participantes para uma casa num país diferente, Estados Unidos, Emirados Árabes Unidos, Marrocos e Itália, e ali ainda teria o último corte antes de se chegar nos shows ao vivo, de 24 passamos para apenas 12 participantes, com os jurados assessorando 3 participantes.

Com o começo dos live shows, ficou claro que ali também havia uma disputa de ego, sobre quem iria vencer esse ano, e por isso, várias polêmicas surgiram, mas antes disso, com o primeiro live show, descobri que o público votava, mas não tinha todo o poder nas mãos, já que entre os dois menos votados, os jurados decidiriam quem seria o eliminado, e caso houvesse um empate, aí sim, a decisão do público seria levada em consideração.

Entre as polêmicas, tivemos o comentário da Dannii sobre a sexualidade de Danyl, a eliminação de Miss Frank (pra quem eu torcia), e talvez a maior delas, quando Simon após muito criticar os irmãos John & Edward forçar um empate com Lucie Jones, o que ocasionou a eliminação da menina e revolta de muitos que assistiram.

Com a chegada do Top 5, não tivemos mais a decisão dos jurados ficando estritamente na mão do público e foi aí que meus favoritos despontaram e chegaram a grande final: Stacey Solomon, Olly Murs e Joe McElderry.

Logo na primeira noite, eu pelo menos, descobri que um dos três seria eliminado, e após cantarem três músicas, a que cantaram na audição, a preferida dos jurados e um dueto com algum cantor consagrado, Michael Bublé, Robbie Williams e George Michael, respectivamente. Tivemos a eliminação da última mulher na competição, Stacey ficando com o 3º lugar.

Na noite seguinte, muita emoção e um pouco de enrolação também, sejamos francos, e eles ainda se apresentaram com mais duas músicas, a preferida deles e o single que o vencedor lançará “The Climb”, música da Miley Cyrus. Após isso tudo, tivemos o anúncio do vencedor: Joe McElderry, com muita justiça, eu sinceramente não pensava no inicio que ele pudesse vencer sua categoria, ainda mais o programa, assim como os dois outros finalistas.

Joe McElderry – The Climb (Winner’s Single)

  1. 17/12/2009 às 10:00 am

    Não acompanhei o programa, por isso não tenho muito o que falar, só achei essa escolha de single um tanto… inusitada, hehehe.

  2. 17/12/2009 às 12:17 pm

    Vinicius, muita gente criticou a escolha da música.
    Eu pessoalmente também achei estranha, e me lembra muito o Winner’s Single do American Idol desse ano.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: