Arquivo

Archive for novembro \30\UTC 2009

Glee – Ballad[01×10]

A série tinha perdido um pouco todo o brilho inicial, não que estivesse ruim, mas simplesmente porque não me surpreendia mais, e esse episódio foi bom eu sua essência, mas o final deixou muito a desejar e eu ainda gostaria de ver os outros integrantes do Glee sendo melhores desenvolvidos.

Lea Michele vem sendo uma das revelações do ano e a partir do momento em que cantou Endless Love com Will, e se descobriu apaixonada pelo professor, foram sensacionais suas caras e bocas. Rachel é extremamente obsessiva, também achei super prático utilizarem a história de Suzy Pepper pra mostrar o que poderia acontecer caso Will a renegasse imediatamente. Acho super interessante como Glee traz temas extremamente populares entre os adolescentes e que são até sérios em determinados momentos, mas trata tudo de uma maneira muito bem-humorada.

A outra trama foi a da gravidez de Quinn e Finn dizendo aos pais dela através de uma balada que a garota estava grávida foi sensacional. Também achei ótimo alguém já saber que Puck é o verdadeiro pai e foi estranho a Mercedes não fazer nenhum escândalo ou coisa do tipo. Agora a Quinn está sofrendo, e como, já que foi posta na rua pelo pai e teve que ir morar com Finn, agora quero ver quando ele descobrir a verdade.

A minha decepção foi pelo final já que a música apresentada até teve uma mensagem legal, mas muito parecida quando eles cantaram Keep Holding On, quando ela foi expulsa da cheerleaders.

Anúncios
Categorias:Glee, Séries, TV Tags:, ,

V – A Bright New Day[01×03]

É estranho acompanhar essa série já que ela está começando a esquentar e o próximo episódio é o último do ano já, voltando somente em março do ano que vem, mas na ABC onde todas as apostas eram em FlashForward (que eu parei no episódio 5), V tem se saído uma aposta bem mais consistente tanto na audiência quanto na trama em si.

O episódio já tem inicio com os visitantes ganhando seu visto e com isso podendo se misturar ainda mais com a população humana, mas Erica logo é chamada por causa de uma ameaça de morte a eles, isso acabou servindo para Erica ver como funciona a nave-mãe e ainda descobrir que o sistema de segurança deles se dá através do uniforme, que possui uma câmera.

V tem toda a cara de ser o tipo de programa que a todo momento irá querer nos surpreender e fazer uma reviravolta como por exemplo, Anna ter armado o encontro com a viúva e a ameaça de morte para conseguir a simpatia dos humanos, A loirinha ser filha dela e dizer que o filho de Erica é o escolhido ou a melhor revelação do episódio, o médico que “ressuscitou” Dale o matar logo após ele revelar que foi Erica quem descobriu o que ele era, e esse médico ser da Quinta Coluna, que é um movimento de resistência.

Movimento de resistência que também começou a ser organizado por Erica e o padre Landry que encontrou George, eu realmente gostaria de saber como eles irão fazer para expor e até mesmo descobrir qual é a fraqueza dos visitantes. Outro ponto que eu achei interessante foi uma espécie de flerte entre o braço direito de Anna e Erica, já que ele ficou todo entusiasmado com a loira, por ela tê-lo salvado.

Categorias:Séries, TV, V Tags:, ,

The Good Wife – Unprepared[01×08]

Já se passaram 8 episódios ou 2 meses e eu ainda não encontrei uma série dramática estreante que tenha tido uma sequência inicial de episódios tão boa e a atuação de Julianna Margulies vem num nível tão alto que me parece certo o nome dela nas principais premiações da TV americana.

A trama da série inicialmente parecia simples demais e pronta para ser resolvida a qualquer momento, mais conforme vão se passando os episódios os personagens vão se mostrando cada vez mais complexos e Peter Florrick não parece estar apenas envolvido no escândalo com as prostitutas, mas algum tipo de corrupção também parece rondá-lo.

Mais uma vez deixam um envelope com provas que incriminam Peter no apartamento de Alicia, e seus filhos escondem o envelope da mãe e tentam descobrir o responsável por isso, e filmam um homem fotografando a entrada do apartamento deles.

Alicia se viu nos dois papéis nesse episódio, como advogada e como testemunha, já que praticamente a obrigaram a depor na tentativa de apelação do caso de Peter e a fiança acabou lhe sendo negada quando ele foi acusado de tentar influenciar o promotor e o juiz. Eu achei tão estranho a conversa da Alicia com o Will no final, será que de alguma forma, ela prejudicou o marido? Só uma observação, Alicia dando o depoimento foi sensacional, palmas pra Julianna Margulies.

O caso da semana foi interessante, mas ofuscado pela trama de Peter, já que Alicia e Cary tinham que preparar as testemunhas no caso de um incêndio num laboratório e nisso acabaram descobrindo o real responsável pelo crime.

Melrose Place – Cahuenga[01×10]

Sem dúvidas a série melhorou com esse episódio, mas eu não acho que tenha a ver com a entrada de Heather Locklear reprisando seu papel de Amanda Woodward, acredito que tenha se dado ao fato da série estar desenvolvendo casais interessantes e utilizando o mistério já pra chegar a uma conclusão.

A entrada de Amanda serviu pra deixar Ella desesperada quanto ao seu emprego, e eu já comentei isso aqui antes mas essa mudança de personalidade dela, de bitch para uma amiga, está sendo estranha apesar de aqui ter ficado agradável.

Amanda chegou demitindo Caleb e segundo ele investigando Ella, o que se prova quando ela utiliza uma agente de outra agência pra testar a lealdade dela, mas Ella é mais leal aos amigos, já que não faz a vontade de contar a verdade sobre Riley no antigo emprego dela, o que Amanda acaba fazendo e ocasionando a demissão da professora.

Chegou o dia do lançamento da campanha de Riley e ela acata o pedido de Ella para mentir sobre sua história de vida, mas acaba se cansando disso, o mais legal na personagem foi a cena inicial com Jonah quando eles foram na banca de jornal e viram as fotos dela.

Auggie é preso e David logo vai ao encontro dele, já que David pensava ter sido o autor do assassinato, mas ao conversar com Auggie pensa na possibilidade de ser seu pai ser o assassino de Sidney e as suspeitas só aumentam quando ele encontra o colar dela no carro do pai.

Na tentativa de aumentar a audiência, Melrose tem tentado inserir cenas cada vez mais picantes prova disso, foram as cenas envolvendo Ella e Melissa, Lauren e David e Violet e Auggie. Porém, sem sucesso, já que a audiência não corresponde.

How I Met Your Mother – The Playbook[05×08]

Eu simplesmente adoro quando a série vem com esses episódios próprios do mundo do programa, afinal só Barney mesmo para ter as mais variadas cantadas catalogadas num livro.

Após o término do relacionamento entre Barney e Robin, chegou a hora de ver como os dois lidariam com a situação, enquanto Robin se enfiava no trabalho e com isso ouvia de Marshall e Ted que quando ela menos quisesse iria arranjar outro relacionamento, o que provavelmente irá acontecer, após ela ter conhecido seu novo colega de trabalho.

Já Barney apresentou aos amigos seu livro de cantadas, e Lily logo tentou sabotá-lo quando ele pôs em prática a cantada do “Mergulhador”, e foi sensacional toda a construção de situações que eles fizeram para no fim a gente ver que essa era a página que faltava no livro e exatamente tudo o que os amigos fizeram o ajudou a conquistar mais uma mulher.

House – Teamwork[06×07]

E o momento que eu mais queria adiar na temporada de House chegou, já sabendo do que aconteceria nesse episódio, fui vê-lo ainda com esperanças, mas realmente minha personagem preferida saiu da série, mas acredito que em grande estilo e sem dúvida fará falta.

Após a revelação de Chase no episódio passado, sem dúvida essa seria a trama principal do episódio e a primeira coisa que Cameron propõe é que os dois saiam dos hospital, para mudar de ambiente e assim não ficar esbarrando com fantasmas do passado.

Foi um bom episódio, sem dúvida, e eu realmente fico triste pela partida da Jennifer Morrison, mas o papo final dela com House, que no final das contas conseguiu o que queria manipular o casal e terminar o casamento deles, dizendo que o amou e tentou curá-lo mas não conseguiu, e ele acabou transformando Chase numa pessoa igual a ele. Já que essa era a grande questão, porque Cameron perdoou facilmente Chase e mostrava uma revolta imensa contra House.

A equipe antiga voltou, num grande esquema de manipulação feito por House, eu até gosto da Thirteen, mas ninguém merece o insosso do Taub, e até que foi divertido a participação dos dois no diagnóstico.

Falando em diagnóstico, o paciente é um ator pornô, casado com uma atriz do mesmo ramo, o que serviu como contraponto a Chase e Cameron, já que ela simplesmente estava revoltada pelo modo de vida do paciente, e o diagnóstico House sabia desde o inicio, mas preferiu fazer seu joguinho e tê-los todos de volta, já que mesmo que não admita percebe-se que está sentido com o namoro de Cuddy e Lucas.

Categorias:House, Séries, TV Tags:, ,

One Tree Hill – You Are A Runner And I Am My Father’s Son[07×10]

A série vem vindo bem, apresentando episódios bons, mas a única questão que fica é a perda de identidade de alguns personagens como Millie e Victoria. A mudança das duas foi tão repentina, principalmente da mãe de Brooke que soou um pouco forçado.

Três tramas chamam mais atenção no momento: O estrelismo de Millie, o triângulo amoroso entre Brooke, Julian e Alex e a carreira de Nathan.

Sendo que Nathan ainda está sendo afetado pelo relacionamento de Clay com Quinn, aliás Clay acabou ficando sem as duas coisas nesse episódio já que foi demitido e Quinn até continua com ele, mas não quis ir morar na casa dele. Essa trama está bem interessante, apesar de eu achar que os roteiristas alternam, dando destaque num episódio pra carreira de Nathan e no outro pra de Haley, já eu acho que deveriam caminhar juntos pra haver um desenvolvimento melhor.

Após a suposta mentira de Alex, Julian volta correndo pros braços de Brooke, mas ela não quer saber de papo com ele, ainda mais, e aí vem muito drama, que ela descobre que não pode ter filhos. Estão tornando a Brooke mais sofredora do que não sei o quê, o que é uma pena, já que ela sempre foi a personagem com as tramas mais leves na série, só espero que não a tornem uma pessoa amarga.

Já que além disso tem que lidar com os ataques de estrelismo de Millie, que roubou a cocaína de Alex, mentiu pra Mouth, só que ele descobriu, pediu 500 mil dólares pra ser modelo da grife da Brooke e depois que foi presa foi correndo pedir ajuda a amiga. Se a personagem já foi uma das mais queridas hoje em dia está insuportável.

E Victoria? Ela está de volta, só que cada vez menos bitch, parece que vive bêbada e atrás de um amante. O outro pai da trama que também não presta, Dan, teve uma atitude um tanto quanto exagerada em relação a Clay, mas que parece que serviu pra acordá-lo e botá-lo no seu devido lugar e correr atrás de melhorias pra Nathan.